Festival de Quitandas de Congonhas

Postado por: Lívia Kizli | Categorias: Câmeras na Estrada

Festival de Quitandas de Congonhas, turismo Minas Gerais, Comida Mineira, Artesanato

Nesse último domingo, eu e Rafael fizemos um programa bem gostoso! Fomos conhecer o Festival de Quitandas da cidade de Congonhas, aqui pertinho de BH.

Estávamos nós almoçando em casa na sexta-feira, quando eu resolvi ligar a TV pra assistir o jornal. De repente vejo minha tela repleta de broinhas e biscoitos, e uma simpática senhora contando sobre todas as delícias que estava preparando pra servir num tal Festival. A reportagem já estava no fim e eu fiquei desesperada, kkk! Olhei pro Rafael e disse: “Eu entendi isso certo? Vai rolar um Festival de quitandas??? Onde, como, quando??? Corri pro Google e não sosseguei até encontrar todas as informações!

E foi assim que fomos para o nosso primeiro passeio em Congonhas. Não conhecíamos a cidade, e na verdade ainda não dá pra falar que a gente conhece. Chegamos com fome e já fomos direto ao ponto, hahaha! Foi um pouco difícil chegar até a Romaria, espaço histórico onde foi realizado o Festival. Faltou sinalização indicando o caminho, faltou espaço para estacionar nas ruas super estreitas e cheias…  Enfim, essas coisas são chatinhas e poderiam ser melhoradas pelos organizadores do evento, para tornar o passeio mais agradável. Ah, outra coisa importante e que poderia melhorar muito a experiência dos visitantes: um espaço com mesinhas e cadeiras para que as pessoas possam degustar suas quitandas com mais conforto! Comer em pé ou andando, vai ajudar a queimar no máximo uns 0,2% das calorias ingeridas, então é melhor comer sentado, tranquilo, batendo um papinho, né?

Mas mesmo com esses pontos negativos, o Festival valeu a pena! Se vocês são como a gente, e adoram esse tipo de comidinhas, tentem ir no próximo! São muitas barracas e muita opção de bolos, broas, pães, biscoitos, doces, pão-de-queijo, cafezinho… Bom demais da conta! E os preços são super justos, dá pra comer muito e gastar pouco.

Uma das quitandas que a gente mais gostou, foi uma grande novidade pra gente: o Cubu, vocês conhecem? É tipo uma broinha de milho com amendoim, que é assada na folha de bananeira. Muito gostoso, ótimo pra comer tomando um café. E por falar em café, Rafael cafezeiro master, fez a festa por lá. Trouxe até um pacote do pó de uma marca que estava oferecendo degustação, como souvenir. E eu também trouxe umas lembrancinhas pra mim, como vocês podem ver na foto aí de cima. Tudo light e sem glúten, só que não! :D

Bom, esperamos que gostem das fotos, esse tipo de post é sempre bem gostoso de fazer. Bjos pra todos!!!

Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas02 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas03 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas04 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas05 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas06 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas07Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas20Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas11Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas15 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas12Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas13Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas17 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas18 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas19 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas22 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas23 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas24 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas25 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas26 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas27 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas28 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas29 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas30 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas31 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas32 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas33 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas34 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas35 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas36 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas37 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas38 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas39 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas40 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas41 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas42 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas43 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas44 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas45 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas46 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas47 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas48 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas49 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas50 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas51 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas53 Liraby-Festivel-de-Quitandas-de-Congonhas56

Gostou do Post? Compartilhe!

3 anos!

Postado por: Lívia Kizli | Categorias: Liralife

bodas de couro 3 anos de casados

Não vou escrever uma super declaração de amor pro Rafael aqui no blog, porque não faz muito meu estilo. Mas queria sim, compartilhar com vocês a felicidade imensurável que eu sinto por tê-lo do meu lado todos os dias. Hoje a gente completa 3 anos de casados, mas já faz mais de 10 anos que somos um casal. E o mais incrível é crescer, viver e aprender tanto juntos, mas ainda de uma certa forma, sentir que a gente acabou de se conhecer!  :)

Agora, confesso que achei bem estranho esse nome – Bodas de Couro, haha! Mas se o Google falou que é isso, então só pode tá certo! Feliz Bodas de Couro pra gente! \o/\o/

 

Gostou do Post? Compartilhe!

DIY: Book of Secrets

Postado por: Lívia Kizli | Categorias: Aventuras DIY

diy livro carteira, clutch, bolsa, porta-jóias, caixinha, cofre livro bolsa, book clutch diy livro carteira, clutch, bolsa, porta-jóias, caixinha, cofre

Olá, todo mundo! Hoje temos um DIY (ou “faça você mesmo” pra quem anda enjoado dos estrangeirismos) que serve para esconder coisas dos outros! Não que a gente incentive essa prática, mas… Não iremos te julgar, querido(a) leitor(a).

Tudo começou com algumas tentativas minhas de transformar cadernos velhos em capas para Ipad, e assim poder andar com o tablet disfarçado por aí. No processo, acabei aprendendo a cavucar qualquer encadernação, e transformá-la numa caixa oca. E a Lívia teve a idéia de transformarmos um livro velho em uma caixinha, que pode ser usada como uma bolsinha disfarçada na rua, ou como um esconderijo para guardar coisas em casa. Segue uma lista de coisas que poderiam ser escondidas num livro oco:

– Sua fortuna e jóias. Ou o chocolate que você comprou mas não quer dividir com ninguém.

– Um outro livro, do qual você desenvolveu uma certa vergonha por tê-lo comprado (olá Crepúsculo, olá Cinquenta Tons!).

– As chaves para o cofre, onde você guarda as coisas realmente tensas.

tutorial como fazer livro bolsa, book clutch

Acima, os materiais: livro velho, feltro, tesoura, régua (não havia nenhuma por perto na hora, usamos um esquadro) pincel, cola branca e estilete. Não está na foto, mas é bom ter também um copo descartável, para misturar a cola com água, e uma folha de um plástico qualquer (eu usei uma sacola de supermercado).  O processo é o seguinte: abra o livro aproximadamente no meio, mantendo um generoso chumaço das páginas centrais de pé. Envolva estas páginas com o plástico. Isso vai isolar elas da cola que você aplicará para juntar todas as outras páginas. Feche o livro novamente.

dtyudty liraby-10

Misture a cola com um pouco de água. Isso vai deixá-la mais fluída – assim o papel vai “chupá-la” mais facilmente, e as páginas se colarão por dentro, ao invés de fixarem apenas nas superfícies. Pegue o livro fechado, com o plástico protegendo o meio, e aplique generosamente a cola aguada com o pincel. Na verdade, acho que “generosamente” não define a coisa aqui. Você tem que encharcar o livro com a cola mesmo. Pode mollhar de verdade. As páginas vão começar a enrugar na hora, mas não tem problema, nós daremos um jeito, mais para frente. É bom abrir o livro na capa e contra-capa, e aplicar a cola nas folhas de rosto também. Depois, feche o livro e ponha debaixo da coisa mais pesada (e reta) que você achar pela frente. Isso vai prensar as ondulações e fazer o livro secar retinho. Deixe o livro quieto até o dia seguinte.

tyiyuo liraby-16 fy8uoyp liraby-22

Esse foi um DIY longo, porque a gente começou e não teve tempo de continuar. O livro ficou lá esperando por décadas, até a próxima fase! Que é a seguinte: abra o livro. Por onde a cola passou, perceba que as páginas se fundiram num tijolo de papel. Mas a cola não gruda no plástico, e por isso, a sacola de supermercado sairá ilesa. E as páginas protegidas por ela continuarão livres. Agora, vamos cortar fora o miolo do livro. Marque um retâgulo, que será extraído. Meça com a régua, para ter certeza de que conseguirá reproduzir o mesmo retângulo dos dois lados do livro. A “janela” que iremos escavar será cortada não só nas páginas coladas, mas nas livres também.

liraby-23 y8ot7p9

Posicione a régua em um dos lados do retângulo, e comece a passar o estilete por toda a sua extensão, repetidamente, em um único sentido. O segredo aqui é usar a lâmina sempre muito afiada, para não ter que fazer força. Depois de vários cortes, quando a lâmina estiver se “afundando” consideravelmente no papel, repita tudo no próximo lado do retângulo. Vá alternando os lados, e quando der uma volta completa, puxe com a lâmina um bolo de páginas cortadas.

liraby-29

Vá removendo esses bolos de páginas que se soltam sozinhos, para poder chegar mais e mais fundo, até perceber que está para atingir a capa. Faça o mesmo na outra metade do livro.

tutorial como fazer livro bolsa, book clutch hioi[

Quando terminar, torne a passar novamente aquela cola aguada nas faces internas do buraco. Pode exagerar mesmo. Depois, proteja novamente as páginas soltas com um plástico, e deixe secar debaixo de algo pesado, mais uma vez. Ao secar, você já terá uma caixa disfarçada. Daqui para frente, são os acabamentos. O primeiro deles é o fecho magnético. DETALHE: esqueci de listar dois pares de ímãs ao enumerar os materiais, lá em cima. Por favor não nos processe. Ainda não temos dinheiro.

O fecho magnético é a razão de termos deixado essas páginas livres, no meio do livro. Iremos embutir quatro ímãs nos cantos exteriores do livro. Abra os buracos com o estilete, cole os ímãs nas posições certas (devem se atrair, e não se repelir). Cubra os buracos dos ímãs com as páginas livres, colando elas aos blocos em ambos os lados.

liraby-43 d7f8p- liraby-44

Usamos uns ímãs pequenos, mas muito fortes, de neodímio. É bom deixar uma quantidade honesta de páginas livres nesse caso, e caprichar na cola. Se não, os ímãs podem chegar a rasgar as páginas de dentro para fora, ao se encontrarem. Depois é o segundo acabamento:  forrar o interior com o feltro, e muita cola (dessa vez use a cola pura):

liraby-54 liraby-57 liraby-59 vipbu9

A Lívia pensou em usar esse livro durante a nossa viagem, que está por vir, como um “prop” utilitário: é um objeto legal e estiloso para aparecer as fotos que faremos dela pelas ruas, e ainda dá para guardar, disfarçadamente, algumas coisas úteis dentro. Não aconselhei a ela, no entanto, (e nem a vocês leitores, pelamordedeus) guardar ali coisas realmente importantes, como dinheiro, ou um passaporte, durante nossos passeios. Apesar de disfarçar bem, e ficar bem fechado com os ímãs, é uma caixa que pode se abrir com um esbarrão. Pior, é um objeto que pode ser esquecido facilmente em algum canto, ou mesmo furtado.

livro bolsa, book clutch livro porta-jóia

Pronto. Se tiverem a paciência, é um “faça você mesmo” divertido. Cuidado com os dedos ao usar o estilete. E use um livro à beira da morte, que você consiga “assassinar” sem remorso. Nesse caso foi um livro do Castro Alves, que não conhecia, e após bater o olho rapidinho, resolvi não conhecer, por enquanto. Passei o estilete sem muita compaixão, assobiando até. Falta de sensibilidade? Crime contra a humanidade? Eutanásia? Deixe nos comentários sua opinião!

Gostou do Post? Compartilhe!

Para as nossas mães…

Postado por: Lívia Kizli | Categorias: Liralife

DIA_DAS_MAES_2015_LIRABY

Um post cheio de amor! Porque o que seria de nós sem essas duas? Nossas maiores incentivadoras, sempre nos orientando, apoiando, e nos fazendo rir muito (as duas são as rainhas das pérolas! kkk). Amamos muito vocês, e somos eternamente gratos por todo o amor e carinho que vocês nos dão! Feliz dia das mães pra vocês e pra todas as outras mamães que nos visitam! Bjos, Lívia e Rafael. <3

Gostou do Post? Compartilhe!