Vídeo: 12 coisas que deixaram minha viagem ainda melhor!

Postado por: Lívia Kizli | Categorias: Lifestyle, Vídeos, Youtube

Gente, antes de qualquer coisa eu queria agradecer demais por todos os comentários no último post! Muito obrigada pelos parabéns, fiquei ultra feliz com tanta mensagem legal! Valeu mesmo!!!!!

Agora, o que comentar sobre a mensagem de aniversário escrita pelo senhor meu marido? Me desculpem, mas vou ter que pular essa! Não saberia nem por onde começar! A primeira vez que li, no meio do texto eu já tinha me derretido por completo… E depois eu acho que só voltei aqui pra ler mais umas 780 vezes, algo por aí… Coisa mais linda da vida, definitivamente um dos highlights do meu dia 10!

Semana passada foi linda, mas essa semana tá nervosa, daquelas que chegam que nem furacão e deixam tudo de cabeça pro ar! Achei que nem ia conseguir postar, mas felizmente ontem deu pra tirar uns minutinhos e terminar de editar um vídeo que a gente gravou logo quando voltamos da viagem.

Minha ideia foi mostrar algumas das coisas que eu mais curti ter comigo durante a viagem. 

Destaque para as saias midi, que usei praticamente todos os dias, você já perceberam, né? São ótimas! Ocupam pouco espaço na mala, são versáteis (cada uma delas eu consegui usar com várias blusas diferentes), são fotogênicas (deixam a gente arrumadinha e feminina), eram fresquinhas pro calor, confortáveis e à prova das ventanias no interior da França! Mil vezes amor!

Das saias que eu levei, 3 são criação minha, inclusive uma delas é essa que eu usei no vídeo!

Ah, outro item que eu queria destacar é a minha mala! Vocês vão se assustar com o tamaninho dela (o modelo é esse aqui, da Sestini), mas deixa eu explicar! Apesar da viagem longa, tentei ao máximo fazer a menor mala possível. Como a gente ia pegar vários trens, ir para várias cidades, não queria passar sufoco arrastando um trambolhão comigo. Aí dei um jeito de levar só essa mala e uma mochila, mas confesso que também coloquei uns pares de sapatos na mala do Rafael, hehe!!!

O plano era deixar as compras de tranqueiras para Londres, nosso último destino. Maaas, não conseguimos resistir, e já saímos de Paris com badulaques grandinhos (só chapéus novos, a essa altura já eram uns 3, haha), que me fizeram passar um pequeno aperto. Mas no final deu tudo certo, chegando em Londres, corri numa Primark e comprei uma big mala, que serviu pra trazer tudo que a gente acabou comprando ao longo dos 22 dias. E foi realmente ótimo só ter que carregar ela no fim da viagem!

Bom, espero que gostem do vídeo!!!

Nosso canal tá num ritmo lento, mas estamos naquela do “devagar e sempre”, hehe! Uma hora a coisa engrena, por enquanto estamos aprendendo a gravar e descobrindo o que combina mais com a gente. E sugestões são super bem vindas! Bjos e até o próximo post! :)

Gostou do Post? Compartilhe!

Diário de Viagem: Dicas de fotografia para casais viajantes!

Postado por: Rafael | Categorias: Câmeras na Estrada, Fotografia, Lifestyle, Liralife

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados25b

Olá, público! Hoje sou eu (Rafael) no comando. Hoje continuamos com as fotos que tiramos no dia dos namorados, entrecortadas por alguns pitacos meus aqui, relacionados a fotografia e casais viajantes. Vamos lá!

Pitaco número 1: Tire fotos de casal. Em nossa primeira grande viagem, tiramos muitas fotos dos lugares, e muitas fotos um do outro. Mas tiramos poucas fotos em que nós dois aparecíamos, e essas fotos fazem falta demais! Para mudar isso, levamos um tripezinho dessa vez – todas as fotos de nós dois nesse post foram feitas usando ele, inclusive essa aí de cima. Portanto, a dica na verdade é: leve um tripezinho pequeno, e leve , nem que seja um gorillapod, e aprenda a colocar sua câmera no timer. Você pode sempre pedir a alguém próximo que tire uma foto do casal, mas… a) às vezes é difícil confiar o suficiente nessa pessoa para deixar sua câmera cara nas mãos dela. b) Essa pessoa não conseguirá ler sua mente, para enquadrar a foto do jeito que você imaginou, não irá se agachar para melhorar o ângulo se for preciso, nem se assegurar de que o foco está perfeito e que sua expressão está do jeito que você gosta.

Na falta de um tripé, improvise com muito cuidado, colocando sua câmera em cima de hidrantes, muretas, cadeiras etc. Nesses casos, costumo conseguir “regular”o ângulo de inclinação da câmera colocando coisas debaixo da lente, como um boné, ou a própria correia, embolada.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados01 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados02Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados03Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados04

Pitaco segundo: se afaste e se aproxime. Antes de tirar sua foto, sempre pense: o que aconteceria com essa foto se eu estivesse mais de longe? Ou ficaria mais legal se eu estivesse mais de perto? Nas fotos acima, eu fotografei a Lívia de longe para pegar a construção, e ao reparar no prédio de perto, vimos o detalhe do reflexo da torre na janela. O mesmo se dá com as vitrines, e até mesmo com as pessoas! Ao invés de fazer uma foto normal, por que  não se aproximar mais e fotografar só os pés, por exemplo?

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados08

Sobre o nosso trajeto: nesse ponto do dia, chegamos ao Les Invalides, um complexo que abrigava um hospital/casa de repouso para veteranos de guerra do exército francês. Hoje em dia, lá ficam o Musée de l’Armée (Museu do Exército)  e a tumba de Napoleão, dentre outras coisas. É proibido entrar com objetos perigosos, e por isso tivemos de entregar, provisoriamente, a faca (melada e envolta em guardanapos) que compramos para passar geléia nos paezinhos do nosso picnic. Os guardas, bem humorados, riram até! E nos devolveram a faca na saída.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados10Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados09Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados12 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados13 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados13 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados14Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados15Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados17 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados16Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados19Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados21

Pitaco número três: fotografe a história do dia! Temos milhares de fotos dessa viagem que não faz sentido mostrar por aqui. Fotos que capturam detalhes bobos, mas que tem muito valor pra gente. Muitas delas nem são tão bonitas, ou só fazem sentido para nós. Esse é o ponto: lembre-se de registrar toda a história da viagem, ao invés de só registrar os cartões postais, e aquilo que chama a atenção. Fotografe as coisas perfeitas e as coisas imperfeitas! Nem toda foto tem que ser tirada para ser mostrada para todo mundo. Fotografe placas de rua, menus de restaurante, o número na porta do seu quarto de hotel, o telão com os desembarques no aeroporto… Tudo! Essas coisas dão a maior saudade.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados22Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados23Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados24Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados27Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados28Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados29Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados30Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados31Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados34Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados35Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados40

Atravessamos a ponte Alexandre III, que ficava atrás do Les Invalides, e fomos parar entre o Petit Palais e o Grand Palais. Pra variar, ficamos encantados e tiramos 500.000 fotos. Logo após estava a Champs Élysées. Vimos o arco do triunfo a uma distância considerável, nos demos por satisfeitos, e fomos para o lado da Place de la Concorde, onde vi a fonte mais bonita da minha vida até hoje. Mais 500.000 fotos.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados36Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados37Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados38Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados41Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados43Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados44Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados45Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados47Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados48Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados46Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados49

Nesse dia, foi atração atrás de atração. Esse pedaço da cidade é apinhado de construções importantes, praças e jardins. Logo à frente estava o Jardin des Tuileries. Se você é que nem a gente, que planeja viagens com andanças sem fim como essa, prepare-se para o pitaco número quatro: leve um equipamento fotográfico resumido, em uma bolsa confortável. Nós somos bastante treinados a carregar peso por horas a fio, por conta dos eventos que cobrimos. Mas numa viagem a coisa fica pior, pois às vezes a empolgação é tanta que esquecemos até de comer. Por isso, se você não estiver com a câmera numa mochila levinha, ou uma bolsa bem acolchoada, é altamente provável que uma alça te machuque até o fim do dia, ou que o peso te canse demais.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados50Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados51Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados52Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados53Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados54Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados57Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados56

Pitaco número 5: pendure coisas para pesar o tripé! Se você se der ao trabalho de levar um tripé, é provável que ele seja um tripé bastante leve – ou você estará amaldiçoando sua existência dentro de 15minutos de andança. Só que tripés leves balançam se o vento for forte (sempre é, na França), e isso deixa as fotos tremidas. Pendure de alguma forma sua mochila (e qualquer outra coisa que estiver carregando) no tripé para estabilizá-lo. Alguns modelos tem um gancho embaixo, especificamente para este propósito!

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados58Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados59 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados61 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados62 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados63 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados64 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados65Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados67 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados66Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados60 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados68

Logo à frente estava o Louvre. Nunca imaginamos que ele era tão imenso! Era tão grande que não cabia no campo de visão da lente. Resolvemos tirar uma foto panorâmica com o Ipad mesmo (segunda foto abaixo), e isso virou um hábito durante a viagem. Considerem este o pitaco número 6: tire fotos panorâmicas! É muito divertido ver os detalhes depois, ver o que cada uma das pessoas da foto estava fazendo.

Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados69paris louvre Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados70Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados72Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados76Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados73Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados74Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados71 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados78Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados79 Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados81Liraby_Paris_EnsaioDiaDosNamorados84

E aqui vai o último pitaco: use o tripé como selfie-stick! Não tínhamos um selfie stick, e na verdade nem sabemos se existe um que suporte o peso de nossa câmera. Mas não fez falta, porque nosso tripé substituia tranquilamente, e se extendia muito mais!

É isso, leitores! Continuamos o tour o próximo post. Até lá!

 

Gostou do Post? Compartilhe!